relato de caso

Aneurisma verdadeiro pós-traumático de artéria temporal

imagem de admin

Os aneurismas de artéria temporal pós-traumático são eventos raros. Geralmente, são pseudoaneurismas. Como a causa mais frequente são ferimentos contusos, deve-se investigar todo paciente que possuir nodulação pulsátil na região da artéria temporal. O paciente apresentava protuberância pulsátil em região frontal direita há quatro meses, após queda de objeto pontiagudo, e o eco-Doppler evidenciou dilatação aneurismática. Assim, foi indicada sua excisão, que foi realizada com sucesso. O exame anatomopatológico demonstrou aneurisma verdadeiro traumático de artéria temporal superficial. Ocorrem devido ao fato de a artéria temporal super cial se localizar diretamente sobre o periósteo, o que a torna muito super cializada. Os aneurismas verdadeiros pós-traumáticos de artéria temporal são extremamente raros e podem ser confundidos com diversas outras afecções, como lipomas e cistos sebáceos.

Malformação venosa associada a hiperelasticidade cutânea e atro a do tecido subcutâneo

imagem de admin

A rigidez da parede venosa pode aumentar em síndromes em que há uma redução da quantidade de elastina, ocasionando malformações venosas mesmo em indivíduos que possuem mosaicismo para tais síndromes. Casos com apresentação de afecções colagenosas em áreas delimitadas não foram descritos na literatura. O paciente apresentava lesão bem delimitada em região anteromedial da coxa com aumento de elasticidade e presença de vasos tortuosos apenas no local da lesão, não apresentando nenhuma síndrome colagenosa. Foi realizada uma biópsia que evidenciou alterações em relação ao padrão das bras elásticas e proliferação de vasos sanguíneos. A malformação venosa foi tratada satisfatoriamente com embolização. As doenças do colágeno causam hiperextensibilidade cutânea, o que provoca acidez e propicia traumas. As colagenoses bem delimitadas são raras, pois geralmente esse grupo de doenças envolve acometimento sistêmico. As malformações vasculares podem ocorrer em diversas doenças do colágeno, mas de forma generalizada e não localizada, e uma explicação para isso seria o mosaicismo genético.

Palavras-chave: anormalidades da pele; doenças vasculares; dermatopatias vasculares; malformações vasculares; doenças do colágeno. 

Venous malformation associated with skin hyperelasticity and subcutaneous atrophy

imagem de admin
Venous malformation associated with skin hyperelasticity and subcutaneous atrophy
Malformação venosa associada a hiperelasticidade cutânea e atro a do tecido subcutâneo
Ana Julia de Deus Silva, Ricardo Virginio dos Santos, Salvador José de Toledo Arruda Amato,Alexandre Campos Moraes Amato

Veia safena magna acometida por Leiomiossarcoma - Relato de Caso

imagem de admin

Congresso Brasileiro de Cirurgia 2015

Aneurisma verdadeiro pós traumático de artéria temporal

imagem de admin

Congresso Brasileiro de Cirurgia 2015

Leiomiossarcoma de veia safena magna

imagem de admin

Amato, Alexandre Campos Moraes, Ana Júlia de Deus Silva, Ricardo Virgínio dos Santos, and Salvador José Toledo Arruda de Amato. "Leiomyosarcoma of the Great Saphenous Vein."doi:10.1590/1677-5449.0077.

Leiomyosarcoma of the great saphenous vein

imagem de admin

Apresentado no congresso americano ACP 2014. Cirurgia Vascular.

Endotension: Rupture of abdominal aortic aneurysm.

imagem de admin

Amato ACM, Abraham FA, Kraide HD, Rocha LT, Santos RVD. Endotension: Rupture of abdominal aortic aneurysm. J. Vasc. Bras 2012, Jun;11(2):162-5.

Endovascular treatment of thoracic aortic pseudoaneurysm with aortobronchial fistula in the late postoperative period of surgical correction of the aortic coarctation.

imagem de admin

Neves AAG, Oliveira AGNM, Beck RT, Santos RV, Moreira FCP, Amato ACM. Endovascular treatment of thoracic aortic pseudoaneurysm with aortobronchial fistula in the late postoperative period of surgical correction of the aortic coarctation. Jornal Vascular Brasileiro 2011;10(1):64-7.

Histoplasmose pulmonar.

imagem de admin

Amato ACM, Dichtchekenian RB, Morillo MG. Histoplasmose pulmonar. Revista Da Faculdade De Ciências Médicas De Sorocaba 2002;4:62-5.

Páginas

Subscrever RSS - relato de caso