Pular para o conteúdo

Assessing the Prevalence of HLA-DQ2 and HLA-DQ8 in Lipedema Patients and the Potential Benefits of a Gluten-Free Diet

O artigo “Prevalência de HLA-DQ2 e HLA-DQ8 em pacientes com lipedema e os potenciais benefícios de uma dieta sem glúten”, conduzido pelo Dr. Alexandre Campos Moraes Amato, Lorena Lima Amato, Juliana Lelis Spirandeli Amato e Daniel Augusto Benitti do Amato – Instituto de Medicina Avançada, apresenta uma pesquisa sobre a relação entre lipedema e doença celíaca. O estudo descobriu que uma porcentagem significativa de mulheres diagnosticadas com lipedema possuem marcadores genéticos HLA-DQ2 e HLA-DQ8, indicando uma possível ligação entre as duas condições. O artigo discute os resultados da pesquisa e como uma dieta sem glúten pode ajudar a gerenciar os sintomas do lipedema.

Objective

The aim of this study is to assess the prevalence of HLA-DQ2 and HLA-DQ8 in women diagnosed with lipedema.

Methods

Leukocyte histocompatibility antigen (HLA) tests of 95 women diagnosed with lipedema were analyzed using non-probabilistic sampling for convenience. The prevalence of HLA-DQ2 and HLA-DQ8 was compared to the general population.

Results

The prevalence of HLA-DQ2+ was 47.4%, that of HLA-DQ8+ was 22.2%, the presence of any celiac disease associated HLA (HLA-DQ2+ or HLA-DQ8+) was 61.1%, both HLA (HLA-DQ2+ and HLA-DQ8+) was 7.4%, and the absence of celiac disease associated HLA was 39%. Compared to the general population, there was a significantly higher prevalence of HLA-DQ2, HLA-DQ8, any HLA, and both HLAs in lipedema patients. The mean weight of patients with HLA-DQ2+ was significantly lower than the overall study population, and their mean BMI significantly differed from the overall mean BMI.

Conclusion

Lipedema patients seeking medical assistance have a higher prevalence of HLA-DQ2 and HLA-DQ8. Considering the role of gluten in inflammation, further research is needed to establish if this association supports the benefit of gluten withdrawal from the diet in managing lipedema symptoms.

[pdf-embedder url=”https://vascular.cc/wp-content/uploads/2023/07/20230709-5215-yhh154.pdf”]

Avaliando a Prevalência de HLA-DQ2 e HLA-DQ8 em Pacientes com Lipedema e os Potenciais Benefícios de uma Dieta Sem Glúten

Objetivo
O objetivo deste estudo é avaliar a prevalência de HLA-DQ2 e HLA-DQ8 em mulheres diagnosticadas com lipedema.

Métodos
Os testes de antígeno leucocitário de histocompatibilidade (HLA) de 95 mulheres diagnosticadas com lipedema foram analisados usando amostragem não probabilística por conveniência. A prevalência de HLA-DQ2 e HLA-DQ8 foi comparada à população geral.

Resultados
A prevalência de HLA-DQ2+ foi de 47,4%, a de HLA-DQ8+ foi de 22,2%, a presença de qualquer HLA associado à doença celíaca (HLA-DQ2+ ou HLA-DQ8+) foi de 61,1%, ambos HLA (HLA-DQ2+ e HLA-DQ8+) foi de 7,4%, e a ausência de HLA associado à doença celíaca foi de 39%. Em comparação com a população geral, houve uma prevalência significativamente maior de HLA-DQ2, HLA-DQ8, qualquer HLA e ambos os HLAs em pacientes com lipedema. O peso médio dos pacientes com HLA-DQ2+ foi significativamente menor do que a população do estudo em geral, e seu IMC médio diferiu significativamente do IMC médio geral.

Conclusão
Pacientes com lipedema que procuram assistência médica têm uma prevalência maior de HLA-DQ2 e HLA-DQ8. Considerando o papel do glúten na inflamação, são necessárias mais pesquisas para estabelecer se essa associação suporta o benefício da retirada do glúten da dieta no manejo dos sintomas do lipedema.